top bar
QuickTopic free message boards logo
Skip to Messages

TOPIC:

Cacetadas
Branched from topic: Ases pelos Ares

^     All messages            131-146 of 146  115-130 >>
146
MF
13-12-2009
11:48 GMT
Só no contexto deste tópico é que não há caceteiros. Em pista não faltam...
Ao longo deste ano ocorreram demasiados casos que penalisaram os Ases.
É necessário que os Ases pensem nas consequências se persistirem com esta postura. A cultura dos Ases não é esta!
145
RAz
13-12-2009
00:24 GMT
Há quase 5 anos que não há caceteiros!
hihihi!
144
Rukyman
25-02-2005
12:51 GMT
Vai começar o trofeu 2005 com 38 inscritos.
Não sei quantos vão comparecer amanhã, mas acho que o recorde de presenças vai ser batido.
Espero que este tópico seja reactivado, mas não por questões negativas.
O kartódromo de Leiria tem uns karts muito homogeneos e é provavel que o andamento geral seja muito nivelado, dando origem a eventuais contactos suspeitos.
Amanhã vou alertar para isso no breafing e espero que tudo corra bem.
143
MiguelAB
15-10-2004
23:54 GMT
"Situação execrável", que ninguém quer discutir, não sei porquê! A minha convicção (posso estar enganado) é a de que a maioria dos pilotos dos Ases acha que deve deixar espaço ao adversário (alguns, até demais). Outros acham que não.

Eu, sou a favor de uma cultura de grupo (= código de conduta o mais uniforme possível), e prefiro uma prática em que impere o máximo de respeito de uns pelos outros. Se ninguém discute isto, não se converge nessa cultura, e obriga-nos a ter comportamentos diferentes conforme os pilotos com que estamos a disputar uma posição -- se isto fica assim, a nova desculpa nas confusões vai passar a ser "desculpa, julguei que eras fulano!"--...
142
Rukyman
07-10-2004
14:04 GMT
Há, há
É uma situação execrável...
141
RAz
07-10-2004
13:57 GMT
Afinal já não havia (e não há) cacetadas desde Março de 2003!
140
Deleted by author 02-04-2003 11:53
139
MiguelAB
24-03-2003
12:20 GMT
A meio da minha primeira corrida, partiu-se-me o apoio lateral direito da baquet. Além de ter passado a conduzir com a baquet torta, com karts desta potência, não sei se conseguem imaginar o que é curvar para a esquerda sem poder apoiar o corpo... entre os braços e o pé direito alguém tinha que segurar os meus mais de 80Kg na mesma trajectória dos pneus. Mais gemido menos gemido, lá me fui aguentando dentro do kart, a dificuldade esteve no pormenor de que os braços com que eu me estava a agarrar eram os mesmos que deviam estar a controlar o volante... e o pé em que me estava a apoiar no chão, era o mesmo que eu costumava usar para dosear o acelerador... Já devem estar a imaginar a cena na saída das curvas para a esquerda! Ora isto aconteceu no momento em que me estava a conseguir libertar do Aires e do Gachineiro, e já estava a pensar em atacar o JPB! Com esta cena, não só tive que desistir do JPB, como ainda apanhei outra vez com o Aires e o Gachineiro; no fim atrasei-os tanto que ainda tivemos o João Araújo de bónus! No meio do sufoco que eram as curvas para a esquerda, por várias vezes imaginei o que se estaria a passar atrás de mim; não sei como foi, mas deve ter sido uma confusão estar a lutar atrás de um tipo que não conseguia fazer a mesma curva duas vezes da mesma maneira (gostava de ter visto). Estava sempre a ver quando é que alguém me entrava pela traseira, tanto mais que a ideia que tenho tanto do Aires como do Gachineiro, é que por vezes pecam por excesso de optimismo nestas situações... acho que a minha salvação foi mesmo o facto de os karts não terem protecções, caso contrário cheira-me que mais cedo ou mais tarde acabaria por ser vítima de "toques cirúrgicos".

E é por causa dos "toques cirúrgicos", que estou a responder ao repto do Rui. Porque a verdade é que acabei mesmo por levar duas pancadas por trás, que o Aires justificou como tendo sido "para te avisar que eu queria passar"! Ora fosse eu menos pesado ou a frente do kart dele mais resistente, e lá o Aires levava a sua avante, o que na minha opinião é contrário ao espírito do grupo e deve ser discutido de modo a uniformizar o nosso comportamento em pista, para evitar que haja "anjinhos" de um lado e "chicos espertos" do outro! Vários pilotos do nosso grupo já tiveram no passado atitudes semelhantes, que corrigiram, no respeito pela filosofia do grupo (só para que a coisa não fique com um ar demasiado abstracto, posso dar como exemplo o Gachineiro, o Trindade e o Meireles, com já quem tive conversas sobre esse assunto).

Não estou a escrever estas linhas por ter ficado aborrecido com o Aires (de quem, aliás, muito prezo a companhia), nem sequer é o Aires que quero aqui discutir, é o princípio do toque por trás na travagem, para arranjar espaço para ultrapassar por dentro. Fico à espera que seja relançada a discussão, porque se comportamentos destes passam sem reparo, o que acontece é que pilotos que neste momento estão convencidos que estão a ser correctos, podem-se convencer que afinal estão é a ser anjinhos e isso era mau para todos (entre os pilotos que já mencionei como exemplo, e outros que não mencionei mas que nem por isso são menos dotados, tenho a certeza que se arranja rapidamente mais de meia dúzia de pilotos, que se quisessem também saberiam ser excelentes cirurgiões, só não me parece é que seja isso o que nós queremos...
138
Rukyman
23-03-2003
18:00 GMT
Digam-me o que se passou nesta manhã de sábado e depois durante o almoço.
Parabéns a todos.
137
UM-Karting
28-02-2003
09:07 GMT
Luís Cunha: Todos nos excedemos num ou noutro momento. Penso que ninguém está imune a essa doença. No entanto duas ou três acções no último GP deixaram-me um pouquinho preocupado. Algumas foram conversadas e resolvidas e devo aqui salientar o comportamento do João Araújo que tentou perceber um excesso cometido por ele, que prejudicou 2 pilotos (mais o Rui que eu), mas relativamente ao qual não se tinha apercebido durante a prova. Outras nem tanto e até pareceu que a razão estava do lado do "caceteiro", e que seria um procedimento a repetir em sitações idênticas. Quem anda na frente deve dar um exemplo melhor, não é?
136
MiguelAB
25-02-2003
14:28 GMT
Ó Rui, lá por seres um alvo não quer dizer que sejas para abater... :-)
135
Joao Brito
25-02-2003
10:54 GMT
Gostei. Isso é que é falar.
134
Rukyman
25-02-2003
09:15 GMT
Ó meus amigos, o facto de estarem de acordo não invalida que vocês e Eu estejamos fora do alvo a abater.
A mensagem era para todos!
133
MiguelAB
25-02-2003
00:42 GMT
Não podia estar mais de acordo com o Rui, tenhamos sempre presentes as verdadeiras prioridades. E reforçando o apelo do Rui, acrescentava ainda a importância de sermos serenos nas discussões sobre o que se passou em pista. O trabalho de convergência da cultura do grupo tem que ser constante e isso tem que ser feito com a ajuda de todos, não pode ser feito contra ninguém.
132
zag
24-02-2003
22:06 GMT
Boa Rui!
Acho esta mensagem extremamente importante!
131
UM-Karting
24-02-2003
20:00 GMT
Luís Cunha: É assim mesmo Rui.
^     All messages            131-146 of 146  115-130 >>

Print | RSS Views: 1047 (Unique: 416 ) / Subscribers: 2 | What's this?